Ultrassonografia de Mama

Ultrassonografia de Mama

O ultrassom de mama é indicado para detalhar achados de mamografia ou de ressonância de mamas, avaliação de mamas sintomáticas (dor, secreção pelo mamilo…) ou com alterações palpáveis e avaliação de implantes de silicone. Além disso, é o método preferido para orientação de procedimentos invasivos nas mamas.

É um exame complementar à mamografia para analisar nódulos e assimetrias.

Na presença de uma imagem nodular vista à mamografia, consegue-se diferenciar se é um nódulo sólido ou cístico. Devido a importantes avanços na tecnologia do ultrassom, além de diferenciar um nódulo sólido de um nódulo cístico, é possível diferenciar um nódulo sólido em benigno ou maligno

Nas assimetrias vistas à mamografia, serve para excluir ou confirmar a presença de nódulo. Na avaliação de mamas com implantes de silicone, pode demonstrar ruptura intra ou extracapsular.

Na ultrassonografia, o contraste entre os tecidos mamários é maior em comparação com a mamografia. Assim, com o ultrassom é possível se identificar a pele, gordura subcutânea e retromamária, os ligamentos de Cooper, vasos sanguíneos, estruturas ducto-lobulares o tecido interlobular.